Fundo da ONU para emergências distribuiu US$ 150 milhões este ano
BR

13 dezembro 2016

Segundo o secretário-geral, foi possível distribuir comida e abrigo para os que fugiam da violência na África e apoiar milhões de vítimas das secas e das cheias causadas pelo El Niño; meta é que fundo receba US$ 1 bilhão por ano.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral apresentou nesta terça-feira um balanço das contribuições realizadas em 2016 pelo Fundo Central da ONU de Resposta de Emergência, Cerf.

Segundo Ban Ki-moon, foram liberados US$ 150 milhões, dinheiro utilizado para “entregar comida a pessoas fugindo da violência e da degradação ambiental na Bacia do Lago Chade”, na África.

Haiti

Famílias que escapavam dos conflitos no Sudão do Sul também foram beneficiadas, assim como milhões de pessoas afetadas pelas secas ou enchentes causadas pelo El Niño em vários países. Parte da quantia seguiu ainda para as vítimas do furacão Matthew, no Haiti.

Ban lembrou que o Cerf foi criado pela Assembleia Geral em 2005, para fornecer financiamento rápido a pessoas afetadas por conflitos ou crises. Desde então, o fundo distribuiu US$ 4,6 bilhões para 98 países.

Doações

Mas o secretário-geral destacou que a escala das “privações humanitárias” atual é a maior das últimas décadas. São 130 milhões de pessoas que precisam de assistência para sobreviver, incluindo 65 milhões de refugiados.

Ban Ki-moon agradeceu aos 126 Estados-membros da ONU que doam dinheiro para o Cerf, assim como 43 organizações internacionais e entidades privadas.

Apelo

Em sua Agenda para a Humanidade, o chefe da ONU pediu que o Cerf consiga receber US$ 1 bilhão até 2018. Na semana passada, a Assembleia Geral aprovou esta recomendação. Para isso, os doadores precisarão aumentar seu financiamento para o fundo.

Ban Ki-moon declarou que com US$ 1 bilhão, o Cerf poderá ajudar dezenas de milhões de pessoas de forma rápida, fornecendo alimentação, medicamentos, água, abrigo e proteção no momento em que mais precisarem.

O secretário-geral fez um apelo aos Estados-membros da ONU para que coloquem as pessoas mais vulneráveis em primeiro lugar e repassem generosas contribuições ao Cerf.

Leia e Ouça:

ONU faz pedido financeiro recorde para ajuda humanitária em 2017

"Nigéria enfrenta pior crise humanitária da África", alerta Ocha

Chade recebe US$ 10 milhões de fundo da ONU para emergências

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud