Companhia aérea de Cabo Verde junta-se à ONU contra violência a mulheres

30 novembro 2016

TACV vai exbir um vídeo da campanha UNite; ONU Mulheres lidera uma campanha de 16 dias de ativismo que deve culminar no Dia dos Direitos Humanos em 10 de dezembro.

Monica Grayley, da Rádio ONU. *

Cabo Verde participa na campanha das Nações Unidas de 16 dias de ativismo contra a violência a meninas e mulheres. O evento começou em 25 de  novembro, Dia Internacional para Eliminação da Violência Mulheres.

A iniciativa UNite ou Una-se é liderada no país pela agência ONU Mulheres que está a organizar eventos e atividades.

Voos

De acordo com a ONU Mulheres, vários parceiros integram a campanha de sensibilização para o fim da violência feminina.

Um destes aliados é a companhia aérea de Cabo Verde, TACV. A diretora de marketing, Djamila Neves, falou com a Rádio ONU da Cidade da Praia sobre a participação que consiste da exibição de um vídeo educativo em seus voos.

“Para a TACV, a vida sem violência é um direito humano. E acima de tudo é um direito da mulher. E a mulher cabo-verdiana é a força da nossa sociedade. É uma mulher de fibra, é trabalhadora, é lutadora, é incansável. Então, a TACV não poderia abster-se de abraçar esta campanha “Una-se” pelo fim da violência contra as muheres. Mulheres do mundo inteiro e mulheres de Cabo Verde.”

Sociedade

A ONU Mulheres tem buscado o engajamento de homens na luta contra mulheres e meninas. O objetivo é fazer com que eles possam se tornar promotores da não violência à mulher. De acordo com Djamila Neves, Cabo Verde já está neste caminho que começa a ser trilhado não só pelos homens cabo-verdianos, mas também por toda a sociedade.

“Olha, eu acho que os homens, a sociedade no geral, já há esta sensibilização, já estão a vestir esta camisa de valorização da mulher, sem dúvida. É uma transformação que não acontece da noite para o dia. Leva-se o tempo, mas já estamos a sentir. E é preciso continuar este trabalho, este trabalho contínuo, para que este efeito, esta realidade venha mais cedo.”

A campanha “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência a Mulheres e Meninas” é uma homenagem às irmãs da República Dominicana: Pátria, Minerva e Maria Teresa. A iniciativa Minerva começou em 1991 e hoje está em cerca de 150 nações pelo mundo.

*Com reportagem de Eleutério Guevane e informações da ONU Cabo Verde.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud