Acnur realiza evento para prevenção da apatridia em Moçambique

29 novembro 2016

Workshop de três dias começa nesta terça-feira; membros do Parlamento, do governo, da sociedade civil e de agências da ONU participam.

Laura Gelbert, enviada especial da Rádio ONU em Maputo.*

A Agência da ONU para Refugiados, Acnur, organiza a partir desta terça-feira em Maputo um workshop de capacitação e sensibilização para a prevenção da apatridia em Moçambique.

O evento é realizado em parceria com a instituição Advogados pelos Direitos Humanos na África do Sul.

Parlamento

Da capital moçambicana, a representante interina do Acnur em Moçambique, Bik Lum, afirmou que os tópicos para os três dias são muito semelhantes, mas os participantes são diferentes.

O primeiro dia contará com a presença de membros do Parlamento, o segundo com participantes de diferentes ministérios e o terceiro para integrantes do judiciário, ONGs e agências da ONU.

Convenções

Segundo o Acnur, o workshop abordará tópicos como a identificação, prevenção e redução da apatridia assim como proteção legal a estes indivíduos.

Bik Lum ressaltou ainda que o governo de Moçambique adotou duas convenções sobre apatridia.

*Apresentação: Monica Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud