Passar para o conteúdo principal

Entrevista: Julio Raffo

Julio Raffo. Foto: Arquivo pessoal

Entrevista: Julio Raffo

A Organização Mundial da Propriedade Intelectual, Ompi, afirmou que os pedidos de patente no mundo chegaram a 2,9 milhões em 2015. Isso representa um aumento de 7,8% em relação ao ano anterior.

O relatório da agência da ONU mostra que o resultado foi alcançado graças a um forte crescimento da China, que registrou mais de 1 milhão de pedidos de patentes no ano passado.

De Genebra, o economista sênior da Ompi, Julio Raffo, falou à Rádio ONU sobre o desempenho do Brasil.

Ele disse que o Brasil continua sendo um país muito importante em termos de depósitos. Segundo ele, no caso de depósitos de patentes, houve uma redução de 0.4%.  Raffo afirmou que a boa notícia é que no caso das marcas (registradas) foi registrado um crescimento de pouco mais de 1%.

O relatório diz que no Brasil, os pedidos de marcas registradas chegaram a 6 milhões e os de desenhos industriais, 872 mil.

Depois da China, ficaram os Estados Unidos, Alemanha, Coreia do Sul e Japão. O Brasil aparece em 25º lugar na lista de pedidos de patentes.

Confira a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 6’14″.