Entrevista: Tomás Lopez de Bufalá

22 novembro 2016

Tomás Lopez de Bufalá é o chefe da seção de Água, Saneamento e Higiene do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, em Angola.

Em conversa com a Rádio ONU, da cidade do Kuito, ele falou de um workshop com o governo em busca de um plano para melhorar o saneamento no país. Cerca de 9 milhões de pessoas defecam a céu aberto em Angola.

Para acabar com a prática nos próximos 14 anos, o técnico disse que a agência da ONU está disposta a apoiar os planos das autoridades. O problema é mais acentuado em áreas rurais onde vivem mais de 12 milhões de pessoas.

Bufalá disse à Rádio ONU que devem ser levadas em conta as consequências do fecalismo ao ar livre para a saúde e redobrados esforços para reduzir o problema. Uma reflexão sobre o saneamento comunitário decorre até esta quinta-feira na província do Bié.

Acompanhe a conversa com Eleutério Guevane.

Duração: 4'55'.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud