COP22: Cidades se esforçam para implementar Acordo de Paris
BR

11 novembro 2016

Ação climática em cidades e regiões será essencial para garantir meta de aquecimento global abaixo de 2ºC; líderes mundiais debatem como aplicar medidas para combater emissões de gases que causam efeito estufa.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Os líderes mundiais reunidos na Conferência da ONU sobre Mudança Climática, COP22, debateram o papel-chave das cidades na implementação do Acordo de Paris e a participação do setor privado no uso de energias renováveis.

O secretário-geral da Iclei, uma rede global que inclui mais de 1,5 mil cidades comprometidas em construir um futuro sustentável, disse que os centros urbanos são “fundamentais para garantir a meta de aquecimento global abaixo de 2ºC”.

Aliança Global

Para atingir esse objetivo, Gino Van Begin citou a criação da Aliança Global de Prefeitos para o Clima e Energia, que veio da fusão entre a Aliança Europeia de Prefeitos e o Pacto Global de Prefeitos.

A cientista-chefe do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, Jacqueline McGlade, afirmou que “as cidades podem ajudar a reduzir as emissões” que causam o aquecimento do planeta.

Nesse sentido, o setor privado anunciou novas promessas e iniciativas para usar fontes de energia renováveis.

Foi criada a Aliança dos Compradores de Energia Renovável, que tem o objetivo de criar conexões entre a demanda das empresas por eletricidade e o fornecimento de energia renovável para suprir a necessidade do setor.

África Subsaariana

O governo do Marrocos reforçou na conferência a meta de atingir 42% do fornecimento de eletricidade tendo como fonte energias renováveis.

Os líderes mundiais debateram também o acesso à energia limpa, sustentável e barata para todos, sendo que atualmente 1,1 bilhão de pessoas no mundo têm pouco ou nenhum acesso à eletricidade.

Segundo a COP22, a maioria está na região Subsaariana da África e no sul da Ásia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud