Membros do G-20 evitam aumentar barreiras ao investimento
BR

10 novembro 2016

Relatório preparado pela Unctad e Ocde mostra que investimento estrangeiro é visto como meio para revitalizar economia global; documento revela redução dos temores a novas medidas protecionistas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Um novo relatório da Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, mostrou que vários países do G-20, as 20 maiores economias do mundo, estão adotando medidas que abrem mais o mercado para investimentos estrangeiros.

O documento, divulgado esta quinta-feira, foi preparado em conjunto com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, Ocde.

Brasil

O diretor da divisão de investimento da Unctad, James Zhan, disse que o relatório identificou mais medidas sendo adotadas para promover o investimento estrangeiro ao contrário de medidas protecionistas.

De acordo com os especialistas, nove dos países do G-20 implementaram políticas para o investimento direto estrangeiro no período entre maio e outubro deste ano.

Desse total, seis nações adotaram medidas de liberalização em vários setores, entre elas estão Arábia Saudita, Argentina e Índia. China e Estados Unidos lançaram medidas para aliviar ou revisar as exigências para investidores estrangeiros.

Do lado oposto, três outros países, Austrália, Brasil e Canadá implementaram políticas restritivas. No caso brasileiro, o governo reverteu medida que ampliava o investimento estrangeiro adotada anteriormente.

O relatório alerta que apesar dos bons resultados gerais, “restrições múltiplas para investimentos internacionais continuam sendo aplicadas em vários setores do G-20”.

Promessa

Segundo a Unctad, “se os países do grupo quiserem manter a promessa de criar uma economia mundial aberta, rejeitar o protecionismo e facilitar o investimento global, devem revisar como as restrições atuais existentes podem ser reduzidas”.

Em setembro, os líderes do G-20, que representam mais de 66% dos investimentos diretos estrangeiros, adotaram o Guia de Princípios para Leis de Investimento.

O documento tem o objetivo de promover um ambiente de políticas mais coerentes para o setor a nível global. Além disso, ele busca o crescimento econômico inclusivo e o desenvolvimento sustentável.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud