Enviado sobre prevenção de conflito espera solução para crise no Burundi

10 novembro 2016

Jamal Benomar disse que a comunidade internacional e o governo burundês devem encontrar um ponto comum para implementar a resolução do Conselho de Segurança; o órgão propõe o envio de polícias desarmados através de um diálogo contínuo.

Monica Grayley, da Rádio ONU.*

As Nações Unidas acreditam numa solução para o conflito no Burundi que passe pela cooperação entre o governo do país e a comunidade internacional.

A opinião é do enviado da ONU sobre prevenção de conflito, Jamal Benomar.

Vontade política

Segundo ele, as discussões entre os dois lados têm sido construtivas. Benomar acredita que a atuação contínua das partes aliada à vontade política levará a um ponto comum para a implementação da resolução.

O enviado do secretário-geral sobre o tema reuniu-se com o Conselho de Segurança na terça-feira para falar de sua recente visita ao Burundi.

Benomar foi ao país para discutir como implementar os temas de paz e segurança no futuro além das atividades da ONU, após o governo burundês ter rejeitado a resolução que propunha o envio de uma componente policial ao Burundi. O governo burundês também afirmou que se retiraria do Tribunal Penal Internacional.

Atividades

A resolução 2303, adotada em 29 de julho, autoriza o envio de até 228 polícias para a capital Bujumbura e em todo o Burundi durante um ano.

Durante sua viagem, o enviado da ONU reuniu-se com vários representantes do governo, o ex-presidente Benjamin Mkapa, que é o facilitador do diálogo presidido pela Comunidade do Leste Africano, EAC, em Dar es Salaam, na Tanzania. A ONU está presente no Burundi através das atividades da Comissão de Consolidação da Paz, PBC, e um conselho diretor que apoia os esforços de pacificação no país.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud