Explosão na RD Congo mata menina e fere 32 soldados de paz da ONU
BR

8 novembro 2016

Cinco boinas azuis estão gravemente feridos; contingente atacado é da Índia; vítimas incluindo civis congoleses estão recebendo tratamento na cidade de Goma, onde ocorreu o atentado.

Monica Grayley, da Rádio ONU.

Um ataque com explosivos à Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo, RD Congo, matou uma menina e feriu pelo menos 32 soldados de paz que atuam no país africano.

Segundo a Monusco, a explosão eria sido provocada por um dispositivo improvisto e atingiu os boinas azuis do contigente da Índia, um dos países doadores de tropas para a Missão.

Investigadores

Todos os feridos incluindo civis congoleses estão sendo tratados em Goma. Pelo menos cinco soldados de paz estão em estado grave.

A Força de Reação Rápida da Monusco foi despachada para o local do atentado. A Missão da ONU também está enviando uma equipe de investigadores que inclui especialistas em explosivos à area.

O representante especial do secretário-geral da ONU na RD Congo está sendo esperado em Goma para avaliar a situação.

O porta-voz de Ban Ki-moon, Stephane Dujarric (foto), expressou a solidariedade às famílias das vítimas e aos colegas da Missão neste momento difícil.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud