Unicef: 9,7 mil crianças desalojadas desde início da operação em Mossul
BR

3 novembro 2016

Cidade é a segunda maior do Iraque e está sob controle do grupo terrorista Isil desde 2014; operação militar para retomar cidade começou em 17 de outubro; chefe de operações da agência da ONU país relatou ter encontrado mães e crianças “muito aliviadas” por terem saído vivas de Mossul.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Cerca de 20,7 mil pessoas foram deslocadas de suas casas desde que a operação para retomada de Mossul começou em 17 de outubro. A cidade é a segunda maior do Iraque e está sob o controle do grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, desde 2014.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, calcula que desse total, 9,7 mil sejam crianças que precisam urgentemente de assistência.

Alívio

Após visitar um centro de triagem em Nargizlia, a chefe de operações no terreno do Unicef no Iraque, Pernille Ironside, disse que encontrou mães e crianças que estavam “muito aliviadas” por terem saído vivas de Mossul.

Muitos dos recém-chegados chegam “empoeirados, exaustos e sem saber ao certo o que acontecerá em seguida”. Alguns chegam inclusive descalços. O Unicef verifica as condições das crianças e se alguma está desaparecida.

Crianças

Quando chegam, as famílias recebem água potável e lanches, incluindo um suprimento nutricional para crianças.

Menores entre seis meses e 15 anos são vacinados imediatamente contra pólio e sarampo, muitos pela primeira vez em dois anos. As famílias passam até meio dia em centros de triagem antes de serem transferidas para um campo de emergência onde recebem abrigo.

Nesses locais, o Unicef disponibiliza água, chuveiros e vasos sanitários limpos. Crianças são examinadas por médicos ou especialistas em saúde para desnutrição e tratadas, se necessário. Equipes móveis apoiadas pelo Unicef fornecem ainda cuidados psicológicos para os menores de idade.

Educação e lazer

A agência da ONU também está preparando espaços temporários de aprendizado e atividades de recreação para crianças nos acampamentos.

Enquanto muitas pessoas fugiram e estão em diversos acampamentos, outras decidiram permanecer em suas aldeias recém-retomadas. O Unicef está adaptando sua resposta para chegar a todas as pessoas que precisam.

Leia e Ouça:

Isil tenta levar 25 mil civis de Mossul

Alto comissário da ONU denuncia centenas de assassinatos do Isil em Mossul

Clínicas móveis de saúde prontas para atender civis que deixam Mossul

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud