FAO apoia evento sobre comércio internacional em Moçambique

2 novembro 2016

Segundo Governo moçambicano, atividade agrícola contribui com cerca de 25% no PIB; FAO afirma que comércio é um factor decisivo na transformação da agenda do sector da agricltura em África.

Ouri Pota, de Maputo para rádio ONU.

Especialistas da área do comércio reunidos até esta sexta feira, na capital moçambicana Maputo, para abordar o posicionamento de Moçambique no comércio internacional.

O encontro tem apoio técnico da Organização das Nações Unidas para Agricltura e Alimentação, FAO.

Comércio

Falando a jornalistas, nesta segunda feira, Castro Camarada, representante da FAO em Moçambique, destacou os avanços assinaláveis do país. Ele disse que os desafios são contínuos.

“Esforços terão que ser feitos de forma continuada  agora no âmbito dos objetivos de desenvolvimento sustentável. O grande número de pequenos produtores e comerciantes existentes no país, pode jogar um papel muito importante neste processo, se forem completamente integrados. Tendo em conta as oportunidades e desafios que se colocam perante nós, o desenvolvimento do comércio e cada vez mais reconhecido como um fator motor decisivo na transformação da agenda do setor da agricultura em África”.

Globalização

Face à necessidade de reforçar as capacidades e conhecimentos sobre comércio dos produtos agrícolas em Moçambique, a vice-ministra  da agricultura e segurança alimentar, Luísa Meque,  disse que o governo enaltece a importância do seminário.

“Em Moçambique, a atividade agrária contribui com cerca de 25 % no PIB. E as exportações dos produtos agrários têm contribuido para a balança de pagamento, assim nesta era de globalização a politica comercial tem o potencial de influenciar o desenvolvimento destas cadeias ágrarias com enfase para alimentação básica como o milho, arroz e carnes”.

Já Suffiyan Koroma, economista sénior da FAO no Gana, citou entre objetivos e resultados, a necessidade de melhorar as políticas sobre o comércio com vista a reforçar a capacidade das instituições e dos técnicos nacionais sobre as ligações entre agricultura e outras àreas.

No encontro sobre posicionamento de Moçambique no comércio internacional, serão discutidos também aspectos relacionados a comércio e políticas sobre segurança alimentar e nutrição, tratados de Comércio de âmbito multilateral, regional  e bilateral relevantes para Moçambique.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud