145 crianças libertadas por grupos armados no Sudão do Sul

27 outubro 2016

Informe é do Unicef; este é o maior número de menores libertados desde 2015; 16 mil crianças ainda estariam com forças e grupos armados.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, anunciou que 145 crianças foram libertadas por grupos armados no Sudão do Sul na quarta-feira.

Segundo a agência, este é o maior número de menores libertados deste 2015, quando 1.775 foram soltos na área administrativa de Grande Pibor.

Esperança

Para o representante do Unicef no Sudão do Sul, Mahimbo Mdoe, a “esperança” da agência é que medida desta quarta-feira seja seguida de muitas outras para que as “16 mil crianças que ainda estão com forças e grupos armados possam retornar às suas famílias”.

Durante a libertação da Facção Cobra e do Spla na Oposição, os menores foram formalmente desarmados e receberam roupas civis. Foram realizados também exames médicos e as crianças foram registadas para um programa de reintegração.

Apoio psicossocial

Nos próximos meses, todas os menores libertados receberão aconselhamento e apoio psicossocial. Eles serão colocados em um centro de cuidados até que suas famílias sejam localizadas.

Após a reunificação, as famílias das crianças receberão três meses de assistência alimentar, assim como gado para suplementar a renda famliliar durante o processo de reintegração.

“Crianças no Sudão do Sul precisam de segurança, proteção e oportunidades”, defendeu o  representante do Unicef.

Segundo Mahimbo Mdoe, a prioridade da agência é garantir que os menores frequentem a escola e fornecer serviços às comunidades para que as crianças “possam ver um futuro mais promissor”.

Leia e Oiça:

ONU alerta sobre "aumento alarmante da retórica do ódio” no Sudão do Sul

Missão da ONU no Sudão do Sul alerta para aumento do conflito armado

Rede de rádios pela paz promove diálogo e harmonia no Sudão do Sul 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud