Campanha contra o sarampo vacina mais de 20 mil menores em Abyei

19 outubro 2016

OIM ajudou no acesso de milhares de pessoas aos cuidados de saúde; ONU garantiu segurança para fazer chegar vacinadores a populações de áreas remotas e de difícil acesso.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, ajudou a vacinar mais de 20 mil crianças com menos de cinco anos contra o sarampo, numa campanha de oito dias que terminou esta semana na área sudanesa de Abyei.

Nesse grupo etário foi detetada a maioria de casos do surto declarado em setembro passado, quando mais de 50 pacientes foram reportados na região.

Populações

A imunização também foi apoiada pela Força Interna de Segurança da ONU para Abyei, Unifsa, que ajudou os vacinadores a chegar com segurança às populações de áreas remotas e de difícil acesso.

O bloqueio durante vários dias foi devido a fortes chuvas e a más condições das estradas que fizerem com que os profissionais enfrentassem condições difíceis para chegar às populações-alvo.

Acesso limitado

O chefe da IOM no Sudão do Sul lembrou que o sarampo é uma das principais causas de morte das crianças da região, onde o acesso aos cuidados de saúde é limitado para milhares de crianças.

William Barriga informou que centros de saúde da OIM no país e missões de resposta rápida ajudam os deslocados e comunidades vulneráveis a imunizar-se por meio de programas regulares de vacinação.

A área administrativa disputada pelo Sudão e pelo Sudão do Sul é rica em recursos naturais e comporta 10 mil quilómetros quadrados.

Abyei teve conflitos intercomunitários e instituições afetadas pelos combates de 2011, que agravaram as necessidades humanitárias e aumentaram a probabilidade de surtos de doenças.

Leia Mais:

Conselho de Segurança renova missão em Abyei por mais seis meses

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud