Rede de rádios pela paz promove diálogo e harmonia no Sudão do Sul

6 outubro 2016

Diretor do grupo de emissoras diz que média é “ferramente adequada” para propagar mensagens de paz; coordenadores e chefes de 14 rádios reuniram-se em formação como o apoio da Unesco.

Monica Grayley, da Rádio ONU.*

Um grupo de 14 estações de rádio reuniram-se para propagar a paz nos seus programas para as comunidades do Sudão do Sul.

A Rede Rádio para a Paz utiliza-se dos média com três programas todas as semanas e com mensagens diárias para levar diálogo e entendimento entre as pessoas.

O presidente da iniciativa, Norbert Otieno, declarou durante uma formação com os responsáveis pelas emissoras que eles são um “instrumento de paz”.

Otieno disse que esta atitude é ainda mais importante agora quando o governo quer promover o fim dos combates entre os seus cidadãos e mais harmonia.

A formação foi organizada pela Unesco, a agência da ONU especializada em Educação, Ciência e Cultura. E teve ainda o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud. O objetivo é capacitar os profissionais da rede em áreas de conflito e fazer reportagens sobre conflitos. Outros temas são consolidação da paz, reconciliação e armas pequenas e ligeiras.

O projeto obedece ao conceito de Comunicação com Comunidades. O encarregado da agência de notícias do Sudão do Sul, Victor Bullen e do Ministério da Informação disse que é preciso promover uma cultura de paz e reconciliação no país africano.

Para ele o rádio é um meio forte por ser leve, fácil de transmitir e barato.

Ele pediu ainda que os participantes ajudassem as pessoas com trauma e outros problemas advindos de conflitos nos seus programas.

*Apresentação: Denise Costa.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud