Ban condena série de ataques contra a Missão da ONU no Mali

4 outubro 2016

Em nota, secretário-geral prestou tributo ao capacete azul morto no atentado e disse estar preocupado com vaga recente de violações do cessar-fogo acordado entre grupos armados na área de Kidal.

Monica Grayley, Rádio ONU.

O secretário-geral das Nações Unidas condenou uma série de ataques contra a Missão Multidimensional Integrada de Estabilização da ONU no Mali, Minusma.

Em nota, Ban Ki-moon afirmou que foram realizados quatro ataques diferentes aos trabalhadores e instalações na área de Aguelhok, na região de Kidal. Um capacete azul morreu e oito ficaram feridos.

Crime de guerra

O chefe da ONU enviou pêsames à família do soldado de paz, que era do Chade. Ele também desejou uma pronta recuperação aos feridos.

Ban pediu providências urgentes para levar os autores dos ataques à justiça. Ele lembrou que um atentado aos capacetes azuis da ONU é crime de guerra mediante a lei internacional.

O secretário-geral também afirmou estar preocupado com a vaga recente de violações do cessar-fogo firmado por grupos armados da região de Kidal. Ele pediu a todas as partes que cumpram suas obrigações previstas no Acordo de Paz e Reconciliação no Mali.

O chefe das Nações Unidas disse também esperar que a medida ajude a restaurar a estabilidade e a segurança na região.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud