ONU concede prêmio póstumo a inventor da caixa-preta dos aviões
BR

30 setembro 2016

A Organização Internacional de Aviação Civil, Icao, informou que o australiano David Ronald de May Warren recebeu a homenagem por contribuição excepcional para a segurança aérea.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional de Aviação Civil, Icao, concedeu o maior prêmio da aviação civil ao inventor da caixa-preta dos aviões: David Ronald de May Warren.

A homenagem póstuma foi feita na abertura da 39ª Assembleia da agência da ONU, que está sendo realizada em Montreal, no Canadá. Ele faleceu aos 85 anos, em 2010, em Melbourne, na Austrália.

Contribuições Excepcionais

Warren foi reconhecido pelo Conselho da Icao e pela comunidade de aviação internacional pelas contribuições excepcionais para a segurança aérea.

Isso foi possível devido a sua invenção e aprimoramento do primeiro gravador de voo, mais conhecido como a caixa-preta.

O presidente do conselho da agência, Olumuyiawa Bernard Aliu, disse na cerimônia que “os gravadores de voo representam um dos recursos mais confiáveis para a melhora da segurança de aviação”.

Bernard Aliu falou ainda sobre a “tremenda dívida de gratidão à visão, compromisso e tenacidade de David Warren”.

A criação da caixa preta, que na verdade é vermelha ou laranja, para ser encontrada com mais facilidade nos acidentes, foi inspirada, em parte, por um momento triste. O pai de Warren morreu num acidente aéreo quando ele tinha apenas oito anos.

Segundo a mídia australiana, Warren nunca recebeu qualquer pagamento por sua invenção e seguiu trabalhando para o Departamento da Defesa australiano. Pela caixa-preta, ele foi incluído na lista dos inventores mais influentes do mundo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud