Chefe da ONU vai à Europa, onde receberá prêmio de sustentabilidade
BR

29 setembro 2016

Em oito dias, secretário-geral visitará diversos países e se reunirá com autoridades e participará de eventos em universidades; Ban participará de conferência sobre o Afeganistão.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, inicia neste sábado 1º de outubro, uma viagem de oito dias a diversos países da Europa, onde se reunirá com autoridades, funcionários das Nações Unidas e estudantes.

A primeira parada da visita será Genebra, onde Ban se encontrará com representantes do Fórum Econômico Mundial, do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, autoridades locais e funcionários da ONU.

Desenvolvimento

Na segunda-feira, o secretário-geral participará de uma coletiva de imprensa e fará um discurso para estudantes e funcionários do Instituto Internacional de Estudos de Desenvolvimento, Heid, em Genebra. Ele também se reunirá com o comitê executivo da Agência da ONU para Refugiados, Acnur.

Em Bruxelas, na Bélgica, Ban participará de uma conferência sobre o Afeganistão, organizada pelo governo do país e a União Europeia.

Papa Francisco

De capital belga, o chefe da ONU vai ao Vaticano, onde participará da Primeira Conferência Global sobre Fé e Esporte, e deve também se reunir com o Papa Francisco.

Em Roma, o secretário-geral se encontrará com autoridades italianas, entre elas o presidente Sergio Mattarella e o primeiro-ministro Matteo Renzi.

Prêmio

Da Itália, Ban irá para Hamburgo, na Alemanha, onde participa 20º aniversário do Tribunal Internacional do Direito do Mar, um órgão judiciário independente criado pela Convenção da ONU sobre o tema.

Na cidade, o chefe da ONU também deve receber o prêmio nacional de sustentabilidade da Alemanha e se reunir com autoridades do país, entre elas o presidente.

Mudança Climática

A Islândia será a última parada desta viagem do secretário-geral da ONU.

Em Reykjavík, Ban fará um discurso na Assembleia do Círculo Ártico, a maior rede internacional de diálogo e cooperação sobre o futuro do Ártico.

Participam do grupo governos, ONGs, empresas, universidades, associações ambientais e comunidades indígenas. Em nome da Assembleia, Ban receberá um prêmio por seu trabalho no combate à mudança climática.

O chefe da ONU também falará sobre paz e segurança internacionais na Universidade da Islândia, por ocasião do 30º aniversário da conferência entre os ex-líderes americano, Ronald Regan, e soviético Mikhail Gorbachev.

O secretário-geral também se reunirá com autoridades islandesas, entre eles o presidente, primeiro-ministro e a ministra das Relações Exteriores.

Leia e Ouça:

Ban participa de assinatura de acordo de paz entre Colômbia e Farc-EP

Desarmamento nuclear está no DNA da ONU, diz secretário-geral

Ban afirma que "a tragédia síria envergonha a todos"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud