África do Sul une-se ao Unodc em campanha contra o tráfico humano

26 setembro 2016

Iniciativa também tem o apoio da OIM e do Unicef; país é um dos 13 selecionados a participar do projeto por ser “fonte, trânsito e destino” de pessoas traficadas; combater problema faz parte da Agenda 2030.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A África do Sul acaba de lançar no país a campanha Ação Global para Prevenir e Lidar com o Tráfico de Pessoas e o Contrabando de Migrantes, GLO.ACT.

A iniciativa é do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, juntamente com a Organização Internacional para Migrações, OIM, o Fundo da ONU para Infância, Unicef, e a União Europeia.

Seleção

O programa visa ajudar os países a implementar respostas eficazes contra o tráfico de pessoas. Participam autoridades do governo, organizações da sociedade civil e vítimas.

O ministro do Interior da África do Sul, Malusi Gigaba, lançou no país a iniciativa juntamente com o Unodc. A nação está entre as 13 selecionadas para participar da campanha por ser, segundo a agência da ONU, “fonte, trânsito e destino do tráfico de pessoas e contrabando de migrantes”.

Exploração

O programa de cooperação foca na natureza global dos crimes e os impactos nas comunidades, segundo o Unodc. Na cerimónia de lançamento do projeto, o ministro sul-africano lembrou que o tráfico e o contrabando humano “muitas vezes levam à morte e à exploração”.

Gigaba afirmou que algumas pessoas poderosas e com recursos não levam esses crimes a sério porque as “suas próprias crianças ou mulheres não estão tão vulneráveis quanto pessoas pobres ou de classes trabalhadoras.”

Por sua vez, o vice-diretor do Unodc declarou que a agência conseguiu identificar 510 fluxos de tráfico de migrantes no mundo e recolheu dados de vítimas de 152 países, o que prova que nenhuma região está imune.

Aldo Lale-Demoz lembrou que a Ação Global está ligada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs, já que erradicar o trabalho forçado e o tráfico humano faz parte das metas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud