“Há luz no fim do túnel”, diz presidente da Guiné-Bissau sobre crise política
BR

22 setembro 2016

País vive impasse que impede a aprovação do programa do governo no Parlamento; José Mário Vaz discursou na Assembleia Geral da ONU e falou de parcerias com países de língua portuguesa, incluindo o Brasil.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, falou à Rádio ONU após discursar na 71ª Assembleia Geral da ONU na quarta-feira para, segundo ele, "explicar o que se passa" em sua terra.

Este mês, vários partidos concordaram em seis pontos para resolver o impasse no Parlamento que impede a aprovação do programa do Governo. O entendimento foi obtido com o apoio do bloco de países da África Ocidental.

Bloqueio

“A conferência de chefes de Estado da Cedeao* em Dacar decidiu enviar alguns chefes de Estado, colegas, para realmente nos ajudarem na saída dessa crise. Nossa passagem por aqui é fundamentalmente para explicar como foi o encontro dos 10 chefes de Estado às autoridades da Guiné-Bissau. O problema que existe hoje na Guiné, há um bloqueio no funcionamento das instituições, sobretudo há problemas no programa de governo que não conseguiu ser aprovado, o orçamento geral do Estado também, devido exatamente ao bloqueio no Parlamento.”

O presidente guineense revelou otimismo quanto ao fim do que chamou de “desentendimento” entre as partes que assinaram o roteiro.

Por um lado, o acordo envolve o Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde, Paigc, vencedor das eleições, o Partido da Renovação Social, PRS, na oposição, além de um grupo de 15 deputados que deixaram o Paigc.

Sucesso

“Para mim a missão foi muito bem-sucedida porque deu origem a um roteiro com seis pontos e esses seis pontos são extremamente importantes (...) eu posso dizer que a situação está a andar bem, posso dizer que estamos praticamente a ver a luz no fundo do túnel para sair, portanto, dessa crise.”

Em entrevista à Rádio ONU, após seu discurso na Assembleia Geral, José Mário Vaz falou ainda de parcerias com nações da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, Cplp, entre eles o Brasil.

Ele também ressaltou também ações do país em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Acompanhe na Rádio ONU a cobertura da 71ª sessão da Assembleia Geral da ONU.

* Comunidade Econômica de Estados da África Ocidental

Leia e Ouça:

Presidente de Portugal "feliz com sinais que chegam da Guiné-Bissau"

Chefe da ONU se reúne com líderes de Portugal e Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Conselho de Segurança preocupado com impasse político

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud