Conselho de Segurança se reúne sobre acordo de paz na Colômbia
BR

21 setembro 2016

Reunião às margens dos debates da Assembleia Geral contou com discursos do líder da ONU, Ban Ki-moon, e do presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

Monica Grayley, da Rádio ONU.

O presidente da Colômbia participou de uma reunião no Conselho de Segurança, nesta quarta-feira, para apresentar o acordo de paz de seu governo com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo, Farc-EP.

Juan Manuel Santos começou agradecendo às Nações Unidas pelo apoio dado ao processo, que segundo ele durou quase seis anos para ser concluído.

Decisões

O presidente colombiano afirmou que o acordo de paz é sui generis. Segundo ele, talvez seja a primeira vez que duas partes concordaram em estabelecer um tribunal de paz e acatar as decisões da entidade. Ele ainda afirmou que as vítimas estão no centro do documento. E ressaltou que é o primeiro acordo de paz que tem um capítulo especial de gênero e que trata homens e mulheres da mesma maneira.

A reunião no Conselho de Segurança foi aberta pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e dirigida pela Nova Zelândia,  que ocupa a presidência rotativa do órgão este mês.

Para Ban Ki-moon, é um privilégio para as Nações Unidas participar deste esforço de levar a paz ao último conflito do Hemisfério Ocidental e que durou mais de 50 anos.

Observadores desarmados

Ban explicou que mais de 200 observadores desarmados já estão no terreno assim como funcionários civis para realizar o processo de verificação do acordo de paz, cooperar com todas as partes envolvidas e as autoridades. O secretário-geral da ONU disse que o número da Missão na Colômbia deve aumentar rapidamente com o objetivo de construir a confiança no acordo.

No fim da reunião, Juan Manuel Santos, o presidente entregou ao presidente rotativo do Conselho de Segurança e ao secretário-geral uma cópia do acordo de paz.

Logo depois, o Conselho voltou a se reunir para discutir a situação do conflito na Síria.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud