Assembleia Geral inicia nesta terça-feira série de debates internacionais
BR

20 setembro 2016

Por tradição, Brasil é o primeiro país a discursar, seguido dos Estados Unidos; crise de refugiados e migrantes, conflitos e guerras, e mudança climática estão entre os principais temas a serem discutidos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Os debates da Assembleia Geral da ONU começam nesta terça-feira com os discursos de Chefes de Estados e de Governos.

Por tradição, o primeiro pronunciamento na Assembleia é feito sempre pelo Brasil, seguido pelo país anfitrião, os Estados Unidos, com o presidente Barack Obama.

Mudança Climática

Esse será o primeiro discurso de Michel Temer como presidente brasileiro e o último de Obama, que deixa o cargo em janeiro do ano que vem.

No seu pronunciamento, Temer vai falar sobre a crise de refugiados, mudança climática e também sobre o novo momento do Brasil para investidores.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que também fará seu último discurso como chefe das Nações Unidas, vai reforçar uma de suas principais bandeiras: a mudança climática.

Guerras e Conflitos

Ainda entre os principais assuntos nos debates estão guerras e conflitos no Oriente Médio, Ásia e África; a crise global de refugiados e migrantes; discriminação, xenofobia e os impactos nos países que os recebem.

Além da conferência sobre refugiados, vários eventos de alto nível estão marcados para esta semana, como a celebração do primeiro ano da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Ban vai promover também encontro sobre o Acordo de Paris e resistência antimicrobiana, um assunto que tem chamado a atenção das autoridades pelo uso excessivo de antibióticos sem necessidade e que acaba criando superbactérias.

Leia Mais:

Entrevista: Michel Temer

Líderes mundiais adotam plano "corajoso" para proteger refugiados e migrantes

71ª Assembleia Geral

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud