“Uma epidemia de amnésia está no centro desse colapso moral”, diz Zeid
BR

19 setembro 2016

Na abertura da reunião de alto nível sobre refugiados e migrantes, alto comissário da ONU para direitos humanos afirmou que “muitos parecem ter esquecido as duas guerras mundiais”.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

“Uma epidemia de amnésia está no coração deste colapso moral em alguns locais”, declarou o alto comissário da ONU para direitos humanos em seu discurso na abertura da reunião de alto nível sobre refugiados e migrantes.

“Muitos parecem ter esquecido as duas guerras mundiais – o que acontece quando medo e raiva são intensificados com meias verdades e completas mentiras”, afirmou Zeid Al Hussein nesta segunda-feira na Assembleia Geral da ONU.

Riscos

Zeid destacou que a conferência “não pode ser reduzida a discursos, entrevistas para que se possa sentir bem e seguir em frente”.

O alto comissário lembrou a situação de milhões de pessoas em tendas, “carregando seus filhos e seus pertences por centenas, talvez milhares de quilômetros”.

“Quando eles e suas famílias arriscam afogamento e são mantidos em terríveis centros de detenção e, uma vez soltos, têm risco de sofrer abuso de racistas e xenófobos”, continuou Zeid afirmando: “não há causa para conforto aqui”.

Falha

O alto comissário citou uma “amarga verdade” ao falar de uma falha em não acabar com a guerra na Síria e em outras “zonas crônicas de conflito” desde o início e falha com “milhões de refugiados que merecem mais que vidas marcadas por indignidade e desespero”.

Para o chefe de direitos humanos da ONU, “é vergonhoso que vítimas de crimes abomináveis devam sofrer ainda mais” devido à falha da comunidade internacional de protegê-los.

Mudança

No entanto, segundo Zeid, é “possível mudar essa situação”, nesta conferência.

Para o alto comissário, isso não acontecerá enquanto os “defensores do que é certo e bom estejam sendo superados em número, em muitos países, por racistas fanáticos que procuram ganhar ou manter o poder, usando preconceito em detrimento dos mais vulneráveis”.

Leia e Ouça:

Zeid alerta contra "populistas e demagogos" na Europa e Estados Unidos 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud