ONU saúda acordo entre Rússia e EUA por cessar-fogo na Síria
BR

10 setembro 2016

Pausa nas hostilidades deve começar na segunda-feira; enviado especial das Nações Unidas para o país árabe explica que conversações de paz devem ser retomadas; organização está pronta para facilitar sucesso do acordo e garantir entrega de ajuda humanitária.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O enviado especial das Nações Unidas para a Síria confirmou que os Estados Unidos e a Rússia firmaram um acordo por um cessar-fogo no país árabe. Na noite de sexta-feira, Staffan de Mistura afirmou que a ONU fará todo o possível para apoiar o retorno da paz no país.

O cessar-fogo deve começar nesta segunda-feira, dia 12 de setembro, como afirmou de Genebra o enviado especial.

Combate

Staffan de Mistura celebrou o fato de que Estados Unidos e Rússia “estão preparados para trabalharem juntos e acabar com a frente Al Nusra e com o Daesh”, acrônimo em árabe para o Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

O anúncio do cessar-fogo foi feito após uma reunião de alto nível entre o secretário de Estado americano, John Kerry, e o ministro russo das Relações Exteriores, Sergey Lavrov.

Cerco

O enviado da ONU pede a todos os lados envolvidos no conflito para que facilitem o acesso humanitário, especialmente nas cidades que estão sob cerco e em áreas de difícil acesso. De Mistura garante que a ONU está pronta para entregar ajuda e fazer todo o possível pelo fim das hostilidades no país, que está em guerra há mais de cinco anos.

Segundo ele, o acordo de cessar-fogo cria uma “janela de oportunidades” para o fim da violência e para a retomada das conversações de paz.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud