Força aérea síria e Isil por trás de pelo menos três ataques químicos na Síria
BR

30 agosto 2016

Dados estão em relatório da ONU; três casos de uso de armas químicas na Síria desde abril de 2014 foram verificados por uma investigação “independente, imparcial e objetiva” autorizada pelo Conselho de Segurança.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Três casos de uso de armas químicas na Síria desde abril de 2014 foram verificados por uma investigação “independente, imparcial e objetiva” ordenada pelo Conselho de Segurança da ONU.

O chamado Mecanismo Conjunto de Investigação, liderado por um painel de três pessoas, examinou nove casos de uso documentado de armas químicas para determinar os reponsáveis pela sua utilização.

Casos

O relatório fala sobre três casos sobre os quais o painel afirmou ter encontrado evidências suficientes para determinar quem são os responsáveis.

A Rádio ONU conversou com Virginia Gamba, chefe do Mecanismo, conhecido como JIM, em sua sigla em inglês.

Gases Cloro e Mostarda

Segundo Virginia Gamba, a força aérea síria foi identificada como responsável em dois casos, com uso de gás cloro.

O grupo terrorista autoproclamado Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, ou Daesh, foi identificado como responsável em um dos casos, com uso de gás mostarda.

Mensagem Clara

Gamba afirmou que o Painel fornecerá atualizações sobre outros casos em um relatório previsto para meados de setembro.

Na entrevista, a chefe do Mecanismo disse ainda que queria “dizer claramente que todos os responsáveis pelo uso de substâncias químicas tóxicas como armas na Síria devem ser responsabilizados a fim de impedir tais ações no futuro”.

Leia e Ouça: 

ONU quer traçar novo curso para um mundo sem armas químicas

Ban lamenta reaparecimento de “armas químicas como instrumento de guerra”

"Mundo não está preparado para evitar ou responder a um ataque biológico"

Ban preocupado com contínuas alegações de uso de armas químicas na Síria 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud