Unesco elogia criação por EUA da maior area de proteção marinha
BR

30 agosto 2016

Em nota, diretora-geral da agência diz que decisão é um chamado à comunidade internacional para implementar Acordo de Paris, aprovado no ano passado.

Mônica Grayley, da Rádio ONU.*

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, felicitou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por autorizar a criação do que está sendo considerada a maior reserva marinha do mundo.

Em nota, Irina Bokova disse que a decisão americana representa um símbolo poderoso da determinação de proteger o meio ambiente.

Ecossistemas

A reserva marinha Papa-hanaumo-kuakea, no Havaí, já integra a lista de Patrimônios Mundiais da Unesco desde 2010.

Para a diretora-geral da agência, a ampliação da reserva é uma forma de fortalecer a resiliência de sociedades ameaçadas pela mudança climática. E também de ajudar as pessoas a compreender e proteger os ecossistemas naturais.

Bokova destacou ainda o papel fundamental dos oceanos, suas fauna e flora, e um chamado à comunidade internacional para implementar o Acordo de Paris, de combate à mudança climática.

Em 2010, a reserva do Havaí foi inscrita na lista da Unesco pela sua biodiversidade, sem paralelos em nenhuma parte do mundo. Mais de um quinto das espécies conhecidas de peixe reside no arquipélago.

O sítio também inclui restos arqueológicos que datam de tempos pré-europeus. A área tem quase 2km que vão do sul ao noroeste, e a nova reserva protegida aumenta em 4 vezes mais o tamanho inicial.

*Apresentação: Edgard Júnior.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud