Secretário-geral faz apelo para que Gabão aceite resultados das eleições

29 agosto 2016

Após presidenciais no país, chefe da ONU pede aos candidatos para que contenham incitações ou qualquer ato de violência; conclusão do processo eleitoral marcará passo importante para democracia do país africano.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Após as eleições presidenciais ocorridas no Gabão no sábado, o secretário-geral da ONU divulgou um comunicado a pedir para que todos os políticos do país evitem fazer comentários públicos antes que os resultados sejam conhecidos.

Segundo agências de notícias, tanto o candidato da oposição, Jean Ping, quanto o atual presidente Ali Bongo, estão a clamar vitória no pleito. Mas os resultados oficiais só devem ser divulgados na terça-feira.

Democracia

Ban Ki-moon pede aos gaboneses para que aceitem a decisão da votação e resolvam qualquer desentendimento pelas vias legais e constitucionais. O chefe da ONU espera que os candidatos evitem incitamento ou qualquer ato de violência.

Segundo Ban, o sucesso do processo eleitoral marcará um passo importante rumo à consolidação da democracia e do Estado de direito no Gabão. Na nota, o secretário-geral também elogia o povo e o governo por terem conduzido o pleito de forma pacífica.

A expectativa de Ban Ki-moon é que o “mesmo espírito de paz e de transparência prevaleçam antes e durante o anúncio oficial dos resultados”. O enviado dele para África Central, Abdoulaye Bathily, continua em contacto com os políticos do país para alivar qualquer tipo de tensão que possa surgir.

Leia e Oiça:

Secretário-geral pede participação de todos os civis nas eleições do Gabão

FMI baixa projeção de crescimento económico global para 3,1%

FAO otimista com acordo sobre pesca ilícita que está para entrar em vigor

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud