Voluntária de projeto da ONU Mulheres recebe Taça Olímpica na Rio 2016
BR

22 agosto 2016

Marcelly, de 15 anos, participa do programa Uma Vitória Leva à Outra; ela subiu ao palco da cerimônia de encerramento da Olimpíada ao lado de mais cinco cariocas homenageados pelo Comitê Olímpico Internacional, COI.

Mônica Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Seis moradores do Rio de Janeiro que ajudaram na organização da Olimpíada foram homenageados pelo Comitê Olímpico Internacional, COI, no encerramento dos Jogos, no estádio Maracanã, no domingo.

No grupo, estava a menina Marcelly, de 15 anos, que participa do projeto da ONU Mulheres, Uma Vitória Leva à Outra. A iniciativa pretende dar autonomia às meninas promovendo igualdade de gênero. O programa é financiado pelo COI e pela Loteria Sueca.

Esporte mundial

Marcelly subiu ao palco para receber a Taça da Copa concedida pelo COI aos voluntários das Olimpíadas.

O presidente do Comitê Olímpico, Thomas Bach, contou que a taça é um dos reconhecimentos mais importantes do esporte mundial.  Ela foi criada no início do século 20 pelo Barão de Coubertin, o idealizador dos Jogos Olímpicos da era moderna.

Os agraciados pelo COI, no domingo, são representantes de organizações não-governamentais e da equipe de voluntários além do pessoal da construção das instalações da Vila Olímpica. Eles receberam a taça em nome de todos os cariocas.

Thomas Bach lembrou que os seis representavam os programas educacionais e sociais que o COI apoia no Rio de Janeiro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud