FAO quer mais agricultores a lidar com mudanças do clima em Moçambique

18 agosto 2016

Província de Gaza arranca projeto Escola na Machamba do Camponês; iniciativa envolve mais produtores de quintas locais; objetivo é aumentar a capacidade de agricultores e pastores de gado.

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, apresenta esta quinta-feira um projeto para reforçar a ação de produtores para lidar com as mudanças climáticas na província de Gaza, a sul.

A iniciativa pretende aumentar a capacidade de agricultores e pastores de gado para que enfrentem melhor as mudanças climáticas. Cerca de 90 mil agricultores devem adotar mais tecnologias e práticas de adaptação.

Mais Tecnologias

As atividades serão executadas através da rede de Escolas na Machamba do Camponês, instaladas nos distritos de Guijá, Mabalane, Chigubo e Chicualacuala.

O governo participa no projeto com o Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar, o Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, o Instituto de Investigação Agrária de Moçambique e o Instituto Nacional de Meteorologia.

A iniciativa já está em curso nas províncias centrais de Sofala, Manica e, posteriormente, em Tete.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud