Unicef condena assassinato de quatro crianças no Iêmen
BR

9 agosto 2016

Representante da agência da ONU afirmou que recente escalada da violência no país causou a morte dos menores e deixou outros três feridos; desde março do ano passado, o Fundo para a Infância registrou 1,1 mil mortes de crianças.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, condenou as mortes de quatro crianças no Iêmen.

O representante da agência da ONU no país, Julien Harneis, afirmou que a recente escalada da violência na região deixou ainda três feridos.

Preço Alto

A tragédia aconteceu neste domingo no distrito de Nihm, a leste de Sanaa, a capital do país.

O Unicef pediu aos envolvidos no conflito que evitem ataques contra casas e prédios residenciais.

Segundo Harneis, “as crianças estão pagando o preço mais alto pela crise no Iêmen”.

A agência da ONU informou que desde o início da escalada do conflito em março de 2015, foram registradas 1.121 mortes de crianças e o ferimento em mais de 1,6 mil.

Mas o representante do Unicef disse ainda que o número oficial de óbitos e ferimentos deve ser muito mais alto.

Leia Mais:

Negociações de paz no Iêmen entram em "nova fase"

Ban: "crianças pagam o preço mais alto em tempos de guerra"

Pausa nas hostilidades é essencial para entrega de ajuda humanitária no Iêmen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud