Entrevista: Marcos Terena

9 agosto 2016

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon afirmou que “os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável não serão alcançados se o mundo fracassar em lidar com as necessidades educacionais dos povos indígenas”.

A declaração de Ban foi feita para marcar o Dia Internacional dos Povos Indígenas, comemorado esta terça-feira, 9 de agosto.

De Brasília, o líder indígena Marcos Terena falou à Rádio ONU sobre a data que tem como foco o direito dos povos nativos à educação.

Ele disse que a educação indígena “nasce nas nossas aldeias e nossas comunidades através da mulher”. Segundo Terena, “a língua nasce através do canto, de uma mensagem para o bebê através de sua mãe.”

Marcos Terena explicou que faz parte de um grupo de trabalho do MEC para a criação da universidade indígena.

Para ele, o objetivo é criar uma universidade dentro do patamar de competitividade, capaz de agregar os conhecimentos científicos dos povos indígenas e, ao mesmo tempo, que possa formar médicos indígenas que tenham conhecimento da fauna e da flora.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 07'19"

Leia Mais:

Especialista condena "morte anunciada" de indígena Guarani-Kaiowá no Brasil

Ban diz em evento em Nova York que "está do lado dos Povos Indígenas"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud