Mali: ONU melhora capacidade para deter dispositivos explosivos improvisados

8 agosto 2016

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas no domingo na província de Kidal; operação de paz revelou que área do norte poderá ter equipamento e mais carros blindados para forças de paz.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas no Mali, Minusma, informou que está a melhorar o seu equipamento e a disponibilidade de veículos blindados para minimizar o poder letal dos dispositivos explosivos improvisados.

Em entrevista à Rádio ONU, esta segunda-feira, a porta-voz da operação de paz Radia Achouri falou de ações imediatas após ataques ocorridos no domingo no norte do país africano.

Reforço

Achouri destacou que há algum tempo a missão tem vindo a impulsionar a sua capacidade para evitar a ação de dispositivos explosivos improvisados ou de deteta-los antes. Para minimizar o impacto letal das armas, está a ser reforçado o equipamento e apoio para ter carros blindados.

Sem revelar números, a representante disse também que a Minusma está a fazer o melhor para impulsionar a capacidade da sua equipa de inteligência.

Morto e Feridos

O segundo ataque de domingo teve como alvo uma patrulha em Kidal no fim do dia e registou danos materiais.

Horas antes, um veículo que escoltava um comboio no sul de Aguelhok, na mesma província, sofreu um incidente marcado pela morte de um capacete azul do Chade. Outros quatro ficaram feridos.

Responsabilidades

O contacto regular da missão com as partes em conflito no terreno é “para que estas possam fazer a sua parte, evitando o tipo de ataques contra a Minusma”. A outra tarefa é que estas assegurem as suas responsabilidades na área.

No dia 5 de agosto um soldado da paz foi ferido nos arredores de Kidal.

A ONU destacou que mais de 80 capacetes azuis já morreram no país desde o envio da força de 13,4 mil homens em 2013.

Leia e Oiça:

Ataque no Mali mata soldado de paz da ONU

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud