Países das Américas prometem ação conjunta para proteger refugiados
BR

4 agosto 2016

Nove Estados da região prometeram trabalhar juntos para fortalecer proteção a pessoas fugindo da América Central; Agência da ONU para Refugiados saudou medida; documento é conhecido como Declaração de Ação de São José.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência da ONU para Refugiados, Acnur, saudou a Declaração de Ação de São José, divulgada nesta quinta-feira, onde nove países da América do Norte e Central prometeram trabalhar juntos para fortalecer a proteção de refugiados que estão fugindo da América Central.

Para a agência, este é um marco que acontece antes da Cúpula da ONU sobre refugiados e migrantes em setembro.

Gratificante

O chefe do Acnur, Filippo Grandi, afirmou que é “vital e imensamente gratificante ver os países das Américas se unirem em uma abordagem regional para encontrar soluções humanas e colaborativas” para pessoas que precisam “desesperadamente” de ajuda.

Para o alto comissário, este é o caminho para ajudar os mais vulneráveis a recuperar suas vidas com dignidade.

Proteção

Em um comunicado conjunto, os governos de Belize, Canadá, Costa Rica, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Honduras, México e Panamá reconheceram a necessidade de maior proteção a solicitantes de asilo, refugiados e deslocados internos na região.

A declaração é resultado de um reunião inédita organizada pelo Acnur e pela Organização de Estados Americanos, OEA, na Costa Rica no mês passado.

Triângulo Norte

A maioria das solicitações de asilo no país foi feita por pessoas forçadas a fugir da violência generalizada de gangues transnacionais fortemente armadas em El Salvador, Honduras e Guatemala.

Segundo o Acnur, isto fez com que estes países, conhecidos como Triângulo Norte da América Central, sejam um dos lugares “mais mortais do planeta”.

Leia e Ouça:

OIM lança programa de informação sobre migração na América Central

Na América Central, violência entre gangues atinge maior pico em 30 anos

Violência contribui para crise de refugiadas da América Central e México

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud