97% dos tigres selvagens desapareceram em 100 anos
BR

29 julho 2016

Apenas 3 mil exemplares vivem em seu habitat natural, sendo que várias espécies foram extintas; 29 de julho é Dia Internacional do Tigre.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, está celebrando o Dia Internacional do Tigre nesta sexta-feira, 29 de julho. O apelo é por proteção urgente e combate ao tráfico da vida selvagem.

Segundo o Pnuma, 97% dos tigres selvagens desapareceram nos últimos 100 anos. Atualmente, apenas 3 mil exemplares estão vivos em seu habitat natural, sendo que muitas espécies foram extintas.

Lucro

O Pnuma busca proteção e ampliação dos habitats para os tigres e espera que a data conscientize as pessoas sobre a conservação da espécie. A maior ameaça é o tráfico ilegal: muitos tigres são mortos e partes do seu corpo são vendidas como troféus ou para fins medicinais.

Em junho foram descobertos 70 tigres mortos em um templo budista na Tailândia, fato condenado pelas Nações Unidas. O Pnuma lembra que todos têm um papel para salvar os tigres: policiais, funcionários de alfândegas, legisladores, líderes comunitários, empresários e até o cidadão comum.

Acabar com o tráfico ilegal da vida selvagem também é uma meta da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Leia e Ouça:

Caças mataram dezenas de milhares de elefantes na África e tendência continua

Dia Mundial do Meio Ambiente tem apelo por fim do tráfico de animais

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud