ONU acompanha com preocupação situação na Turquia
BR

16 julho 2016

Segundo agências de notícias, houve um golpe militar no país; presidente Recep Tayyp Erdogan apareceu em mensagem de mídia social pedindo aos turcos que "fossem para as ruas para defendê-lo"; ponte do Bósforo foi fechada assim como o aeroporto internacional da cidade.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, emitiu uma nota na noite desta sexta-feira afirmando estar acompanhando de perto os últimos acontecimentos na Turquia.

Ban disse que está preocupado com a situação e a rapidez dos desdobramentos.

Ponte

Segundo agências de notícias, integrantes das forças militares tentaram um golpe no país fechando a ponte do Bósforo e estações da mídia local, interrompendo voos no aeroporto internacional de Istambul e outras medidas de intervenção.

O presidente da Turquia, Recep Tayyp Erdogan, apareceu em serviços de mídia social pedindo aos turcos para “saírem às ruas” em sua defesa.

Em nota, emitida pelo porta-voz, Ban Ki-moon afirmou que existe incerteza no momento, mas pediu calma, uma atitude de não-violência e moderação.

Para Ban, a proteção dos direitos fundamentais incluindo a liberdade de expressão devem ser mantidas.

Ordem Constitucional

O secretário-geral afirmou que a interferência militar em assuntos de qualquer Estado é inaceitável.

Ele disse que é crucial assegurar, rapidamente e de forma pacífica, a ordem constitutucional baseada nos princípios da democracia.

Unesco

Neste sábado, o presidente da Assembleia Geral da ONU, Mogens Lykketoft, condenou a tentativa de derrubada do governo turco.

A 40ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, que está ocorrendo em Istambul, foi interrompida temporariamente e será retomada na manhã deste domingo. O encontro seria realizado até quarta-feira, 20 de julho, mas deve ser encerrado na noite deste domingo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud