Chuvas no Paquistão matam quase 300 pessoas
BR

5 julho 2016

ONU está em contato com autoridades paquistanesas para oferecer auxílio às vítimas; pelo menos 331 paquistaneses ficaram feridos na região leste do país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Escritório da ONU de Assuntos Humanitários, Ocha, anunciou esta terça-feira que fortes chuvas e eventos climáticos severos mataram 293 pessoas desde março no Paquistão. Pelo menos 331 paquistaneses ficaram feridos na região leste do país.

Estão sendo realizadas operações de busca e salvamento em várias áreas depois das chuvas pré-monção, que aconteceram no sábado.

Mesquita

A Agência de Gestão de Desastres local anunciou que as fortes chuvas arrasaram uma mesquita, um posto de controle do exército e várias casas, causando a morte de 29 pessoas. Entre as vítimas estão mulheres e crianças.

De acordo com o Ocha, a comunidade internacional ainda não recebeu um pedido de assistência, mas está em contato com as autoridades paquistanesas.

Estradas

No total, foram registrados danos em 46 casas e 13 pessoas continuam desaparecidas. O sistema de irrigação e a infraestrutura de abastecimento de água foram “seriamente danificadas”.

De acordo com o Ocha, as estradas da região sofreram danos mas estão abertas ao tráfego de veículos pequenos.

O governo revelou que deve pagar uma indenização a algumas pessoas e já iniciou a distribuição de alimentos.

*Apresentação: Edgard Júnior.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud