Iniciativa da ONU transforma pastores de gado em formadores comunitários

5 julho 2016

Projeto da Unesco com a FAO está a ser realizado em cinco condados no Sudão do Sul; programa é apoiado pela União Europeia.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

Um grupo de pastores de gado no Sudão do Sul está a ser treinado para se tranformar em formadores comunitários.

Eles são homens jovens que devem atuar em papéis de liderança e disseminação do conhecimento. A mediadora do grupo é uma mulher, para surpresa dos pastores que não costumam ter mulheres em posições de comando em suas comunidades rurais.

Desemprego

A iniciativa organizada pelas agências da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO, e Educação Ciência e Cultura, Unesco, pretende melhorar os níveis de formação dos pastores. O treinamento ocorre em cinco condados da região do Estado do Lagos no Sudão do Sul com o apoio financeiro da União Europeia e dos ministérios sul-sudaneses.

O público alvo são crianças, jovens e adultos. As áreas são carentes de educação e oportunidades. Além disso, o conflito espalhou a insegurança alimentar e desemprego juvenil entre outros desafios.

Um dos participantes contou que recebeu informações sobre como melhor diagnosticar um animal doente, mas também noções para iniciar o próprio negócio. Ele disse que é o responsável por ensinar seus irmãos as matérias escolares em casa, uma vez que os meninos não vão à escola. Agora, ele pretende levar o conhecimento aos vizinhos.

Um outro participante que é analfabeto disse esperar que o curso chegue a sua comunidade. O coordenador de projetos da Unesco em Juba, Jasper Okodi, afirmou que muitos pastores acabam pedindo aos filhos mais brilhantes que tomem conta do rebanho, o que prejudica o acesso das crianças à educação.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud