Elie Wiesel: ONU presta tributo à “voz poderosa” do sobrevivente do Holocausto
BR

3 julho 2016

Comunicado do secretário-geral frisa que Mensageiro da Paz da ONU pediu uma vigilância constante no combate ao antissemitismo; Wiesel morreu aos 87 anos; ele marcava presença regular em vários eventos das Nações Unidas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, manifestou "profunda tristeza" pela morte do sobrevivente do Holocausto e Prémio Nobel de Paz Elie Wiesel, aos 87 anos.

Relatos da família, publicados por agências de notícias, citam que ele perdeu a vida "pacificamente" no sábado, após doença prolongada.

Vigilância

Ban Ki-moon destaca que o também Mensageiro da Paz da ONU era “uma voz poderosa para a memória do Holocausto”. Nesse papel, ele “pediu uma vigilância constante no combate ao antissemitismo e a outras formas de ódio."

O chefe da ONU sublinha que “o mundo perdeu uma das suas testemunhas mais importantes e um dos seus defensores mais eloquentes da tolerância e da paz.”

A mensagem destaca que Elie Wiesel transformou “o pesadelo de sua juventude numa campanha pela igualdade global e pela paz ao longo da sua vida.”

Wiesel é ressaltado pela sua presença regular na ONU, incluindo na primeira cerimónia pra marcar o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Genocídio

Por várias vezes,  ele “relatou experiências no campo de concentração nazi de Auschwitz-Birkenau e no Acampamento do Extermínio” onde apelou ao mundo a "rejeitar a indiferença" diante de genocídio, da discriminação e de outros horrores.

O secretário-geral enviou condolências à esposa, à família de Wiesel e a todos os afetados pela perda. Ban destaca o agradecimento da ONU às contribuições de Wiesel e disse que a organização continua fortemente empenhada na memória do Holocausto e da luta mais ampla pelos direitos humanos para todos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud