Duas cidades sírias recebem ajuda pela primeira vez desde 2012
BR

29 junho 2016

Comboio envolvendo várias agências das Nações Unidas entregou água, alimentos e itens de higiene e saneamento; suprimento vai atender às necessidades de 20 mil pessoas que estão nas áreas sitiadas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU conseguiu entregar esta quarta-feira um comboio de ajuda humanitária em Arbin e Zamalka, duas cidades na área rural de Damasco, na Síria.

O porta-voz do secretário-geral, Farhan Haq, afirmou que essa foi a primeira vez desde 2012 em que uma operação multiagência das Nações Unidas chegou à região.

Água e Alimentos

Haq disse que o comboio levou carregamento com água, alimentos, itens de higiene e saneamento, além de material de saúde e de educação para atender 20 mil pessoas que vivem na área sitiada, perto da capital síria.

Segundo ele, Arbin e Zamalka eram as duas últimas regiões cercadas que não tinham sido alcançadas ainda pelas agências da ONU neste ano. Com isso, as Nações Unidas e seus parceiros tiveram agora acesso a todos os 18 locais sitiados no país, seja por terra ou por lançamentos aéreos.

Haq lembrou que “o acesso às pessoas mais necessitadas não pode ser concedido apenas uma vez”. Segundo ele, a ONU continua pedindo acesso constante a esses lugares.

Harasta

O porta-voz falou ainda que um outro comboio envolvendo o trabalho de várias agências está seguindo para uma área de difícil acesso, a região leste da cidade de Harasta.

No carregamento estão incluídos água, alimentos, material de saúde e de outras emergências, educação, higiene e saneamento suficiente para atender 12,5 mil pessoas.

Ele declarou que a última vez em que essa região recebeu algum tipo de ajuda humanitária foi em novembro de 2014.

Haq informou que desde o início deste ano, as operações coordenadas por várias agências das Nações Unidas conseguiram levar assistência a mais de 941 mil pessoas na Síria, sendo que mais de 350 mil estão em áreas sitiadas.

Leia Mais:

ONU pede mais fundos e solidariedade para ajuda humanitária

"Conversas políticas não podem prosseguir com sírios passando fome"

Entrevista: Uma nova vida para uma família síria em Portugal

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud