ONU pede mais fundos e solidariedade para ajuda humanitária
BR

28 junho 2016

Pedido foi feito pelo vice-secretário-geral das Nações Unidas durante o evento sobre assuntos humanitários no Ecosoc; Jan Eliasson afirmou que não “há espaço para atrasos”.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O vice-secretário-geral da ONU, Jan Eliasson, afirmou que a comunidade internacional deve agir com urgência e solidariedade para alcançar as metas acordadas na Conferência Humanitária Mundial, na Turquia, realizada em maio.

Na abertura da reunião sobre assuntos humanitários no Conselho Econômico e Social, Ecosoc, Eliasson deixou claro que “não há espaço para atrasos, todos os dias e todas as semanas contam”.

Conflitos

Ele disse que nas últimas cinco semanas depois da conferência na Turquia, milhares de pessoas foram mortas em conflitos e dezenas de milhares foram forçadas a fugir de suas casas.

Além disso, o vice-chefe da ONU declarou que milhares de agricultores perderam a esperança de tirar o sustento de suas terras destruídas por secas, enchentes ou aumento do nível do mar. Todos esses fatores estão relacionados com os efeitos da mudança climática.

Eliasson explicou que o segmento anual sobre assuntos humanitários no Ecosoc, que vai até esta quarta-feira, serve como uma plataforma para os Estados-membros, agências da ONU, parceiros, setor privado e comunidades atingidas discutirem os problemas.

Recorde

O vice-secretário-geral afirmou que atualmente, um número recorde de pessoas necessita de assistência humanitária e proteção.

Ao mesmo tempo, segundo ele, há uma sensação de fadiga e de até resignação refletida em grandes deficiências nos fundos necessários para cobrir as operações de ajuda.

Entre os passos a serem tomados pelos líderes mundiais, Eliasson citou cinco áreas cruciais: prevenção e fim de conflitos, respeito pelas leis de guerra, não deixar ninguém para trás, trabalhar de forma diferenciada para acabar com todas as necessidades e investir na humanidade para reduzir as necessidades humanitárias.

Leia Mais:

ONU alerta sobre a piora da situação de 70 mil somalis afetados pelas cheias

ONU entrega ajuda humanitária para 60 mil pessoas na Síria

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud