Entrevista: Angola e Relatório Mundial da Infância

28 junho 2016

A vice-representante em Angola do Fundo da ONU para a Infância, Unicef, Maria Amélia Russo de Sá, fala da parceria entre a agência e o país para lidar com questões como a malnutrição infantil, cujo índice angolano ronda os 29%.

Nesta entrevista, de Luanda, a responsável cita melhorias em várias metas mas destaca uma situação que "precisa de cuidados e atenção".

O exemplo é a taxa de mortalidade, que chega a 157 crianças por cada 1 mil menores antes destas atingirem os cinco anos.

O cenário e as possibilidades para reverter os problemas perante a crise económica que é vivida em Angola, as possíveis saídas e os esforços para melhorar os indicadores são apresentados nesta conversa.

Acompanhe a entrevista com Eleutério Guevane.

Duração:

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud