Portugal estuda aumentar presença em missões de paz da ONU
BR

22 junho 2016

Embaixador do país junto às Nações Unidas disse que existe uma vontade política de contribuir mais; em novembro, país europeu enviará ao Mali um avião C-130 para ajudar com deslocamento de tropas de paz na nação africana.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Portugal está estudando aumentar sua cooperação às operações de paz das Nações Unidas.

A declaração foi dada à Rádio ONU pelo embaixador do país junto à organização, Álvaro Mendonça e Moura.

Possibilidade

“Neste momento, estamos a estudar a possibilidade de Portugal aumentar a sua participação também noutras missões de paz das Nações Unidas. É uma questão que está ainda em estudo. Mas é a nossa preocupação de estar presente nos teatros internacionais que garantam a paz. (...) Isso está ainda a ser estudado. Vamos ver. A vontade política existe. Estamos na fase do estudo.”

Portugal tem uma sólida tradição de cooperação com missões de paz pelo mundo. O país participa ativamente dos esforços de paz da ONU na Guiné-Bissau.

Timor-Leste

Em novembro, um avião C-130, de Portugal, deve chegar ao Mali para ajudar na movimentação e deslocamento de tropas de paz da ONU na nação africana.

Portugal representou um papel protagonista nos esforços de pacificação e de restauração da independência, em 2002, no Timor-Leste, entre outras missões de paz da ONU.

De acordo com o embaixador Álvaro Mendonça e Moura, todos os países devem contribuir para as missões no terreno das Nações Unidas, assegurando a paz e a segurança internacionais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud