Entrevista: Guiné-Bissau pela primeira vez no Conselho de Direitos Humanos

15 junho 2016

País está observando a sessão do órgão que completa 10 anos. Segundo secretário da Missão da Guiné-Bissau junto às Nações Unidas diz à Rádio ONU que das 13 convenções e protocolos de direitos humanos, a Guiné-Bissau ratificou 10.

Ernestino Mango, que está em Genebra, na Suíça, destacou ainda a decisão do país de criminalizar a mutilação genital feminina, a lei contra violência doméstica e de promoção de paridade de gêneros.

Acompanhe a conversa com Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU.

Duração: 02'40"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud