Chefe da ONU condena ataque que matou 50 nos Estados Unidos
BR

12 junho 2016

Segundo agências de notícias, 53 ficaram feridas; atentado ocorreu na manhã de domingo em uma boate gay da cidade em Orlando, na Flórida.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou o “ataque horrível” ocorrido na manhã deste domingo em Orlando, na Flórida.

Segundo agências de notícias, 50 pessoas morreram no atentado em uma boate gay. Outras 53 ficaram feridas.

Solidariedade

Ainda de acordo com as agências, este é o pior tiroteio em massa da história recente dos Estados Unidos. O atirador teria sido morto.

Em nota emitida por seu porta-voz, Ban enviou condolências às famílias das vítimas.

O chefe da ONU também expressou solidariedade ao governo e à população dos Estados Unidos.

Leia e Ouça:

ONU condena ataque perto de Santuário na Síria 

Após ataque em Tel Aviv, Ban diz que não existe justificativa para terrorismo 

Nações Unidas condenam ataque terrorista em hotel na Somália 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud