“Este ainda não é o momento de retomar conversações sobre a Síria”
BR

9 junho 2016

Afirmação foi feita pelo enviado da ONU ao país, que coordena os diálogos com os lados em conflito; Staffan de Mistura cita progressos insuficientes sobre transição política; governo autoriza entrada de comboios em 15 áreas sitiadas.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Segundo o enviado da ONU para a Síria, este ainda não é o momento certo para retomar as conversas sobre o futuro do país. Staffan de Mistura fez a declaração esta quinta-feira, em Genebra.

O negociador da ONU espera que a terceira rodada de diálogos ocorra em breve. Mas segundo ele, as partes ainda não entraram em acordo sobre uma questão chave: a transição política.

Resultados Concretos

Para de Mistura, os encontros precisam produzir resultados concretos sobre a transição e não apenas “palavras”.

O Grupo Internacional de Apoio à Síria espera que a solução para a transição política aconteça até agosto, um prazo que o enviado considera ser “alcançável”.

Sobre o acesso humanitário, de Mistura explicou que mais de 270 mil pessoas em locais sitiados receberam assistência desde o começo do ano. A Síria tem 19 áreas cercadas.

Cerco

A ONU recebeu autorização por escrito para levar itens de ajuda a 15 locais, sendo que outros dois já são atendidos pelo Programa Mundial de Alimentos e pela Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos.

Mas ainda não foi concedida autorização para as equipes humanitárias ajudarem os civis de Al Waer, em Homs, e de Zabadani, na área rural de Damasco.  De Mistura também condenou violações ao acordo de pausa nas hostilidades durante o Ramadã, mês sagrado para os muçulmanos.

A cidade de Daraya foi fortemente bombardeada esta semana e vários hospitais em Alepo continuam sendo alvo de ataques.

Leia e Ouça:

Agências em corrida contra o tempo para atender população de Falluja, no Iraque

Alta representante afirma que União Europeia precisa das Nações Unidas

Especialistas discutem proteção do Patrimônio Histórico da Síria 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud