Após ataque em Tel Aviv, Ban diz que não existe justificativa para terrorismo
BR

9 junho 2016

Em nota, secretário-geral da ONU condenou o atentado que matou quatro pessoas e se disse “chocado” com atitude do movimento islâmico Hamas de festejar as mortes.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU condenou o ataque terrorista em Tel Aviv no qual pelo menos quatro israelenses foram mortos por palestinos. Outros quatro ficaram feridos.

Ban Ki-moon enviou pêsames a famílias das vítimas e ao governo de Israel.

Sem Justificativa

Em nota, o líder das Nações Unidas afirmou que não existe justificativa para o terrorismo “nem para a glorificar quem comete atos hediondos”.

Ban Ki-moon disse que está “chocado” com a decisão de líderes do movimento islâmico Hamas de elogiar e alguns casos festejar o ataque.

O secretário-geral pediu à liderança palestina que “cumpra com sua responsabilidade de se manter firme contra a violência e o incitação que a alimenta”.

Leia e Ouça:

Ban afirma que "obstáculos à paz no Oriente Médio são claros"

ONU preocupada com "possíveis execuções iminentes" em Gaza

Solução de dois Estados muito longe para palestinos e israelenses 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud