Oceanos saudáveis podem remediar efeitos da mudança climática
BR

8 junho 2016

Avaliação é do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que lembra que os mares são essenciais para fornecer alimentos e beneficiar bilhões de pessoas; no Dia Mundial dos Oceanos, pescador de Moçambique lamenta poluição.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Dia Mundial dos Oceanos é celebrado todos os anos em 8 de junho e o secretário-geral da ONU divulgou uma mensagem esta quarta-feira.

Ban Ki-moon lembra que oceanos saudáveis são críticos para a vida na Terra, já que regulam o clima e fornecem recursos naturais, alimentos saudáveis e empregos que beneficiam bilhões de pessoas.

Pesca

O chefe da ONU lembra ser preciso entender os impactos nos oceanos causados pelas atividades humanas e mudança climática. Esses efeitos já estão sendo sentidos em Moçambique. Quem conta é Manuel Guiamba, pescador há 40 anos, que explicou a situação em Maputo, em entrevista à Rádio ONU.

“Temos o problema da poluição. Na nossa costa nós não conseguimos tirar o lixo que nós temos aqui. Todo o pescado saía bem mesmo. Tínhamos magumba, tainha, camarão. Agora já não sai todo esse peixe. Reduziu a quantidade. A poluição também faz parte. Temos o problema do mangal. Já não temos mangal, onde o camarão reproduzia-se, já não temos.”

Pressão

Em dezembro, a Assembleia Geral da ONU aprovou a primeira avaliação científica global sobre o estado dos oceanos. O secretário-geral pede que sejam tomadas ações com urgência, em larga escala, para aliviar a pressão nos oceanos.

Segundo Ban, oceanos saudáveis terão papel essencial na redução dos efeitos da mudança climática. No Dia Mundial, ele faz um apelo a todos para que protejam os oceanos e usem seus recursos de forma pacífica, igualitária e sustentável.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud