Ban diz que impasse político no Haiti pode levar risco a apoio internacional
BR

2 junho 2016

Em nota, emitida pelo porta-voz, secretário-geral diz que presidência, governo e Conselho Eleitoral provisórios devem encontrar forma de concluir eleições de 2015.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas expressaram preocupação com a situação política no Haiti. Em nota, o secretário-geral disse estar ciente da divulgação do relatório sobre a verificação do processo eleitoral no país caribenho.

Ban Ki-moon afirmou que o Haiti não tem condição de esperar por um longo período de governo de transição.

Finalização

Ele acredita que a situação política possa ter efeitos negativos sobre o apoio international concedido ao Haiti.

Para a ONU, é necessário obter uma liderança democraticamente eleita para enfrentar os desafios socioeconômicos e humanitários da ilha.

O secretário-geral voltou a lembrar da responsabilidade da Presidência provisória, do governo e do Conselho Provisório Eleitoral para encontrar uma forma de garantir a finalização pacífica das eleições de 2015.

As Nações Unidas consideram prioridade urgente o restabelecimento da ordem constitucional.

Ban finalizou o comunicado reafirmando o compromisso da ONU de apoiar as aspirações democráticas do povo haitiano. Ele pediu a todos os partidos e lados envolvidos que ajudem a manter a segurança e a estabilidade no Haiti. E que os mesmos abdiquem da violência durante este período delicado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud