Unicef renova compromisso de trabalhar em prol da criança moçambicana

Imagem

Unicef renova compromisso de trabalhar em prol da criança moçambicana

Representante da agência em Moçambique, Marcoluigi Corsi, cita acesso à água potável, educação e redução da mortalidade como alguns avanços; como desafios, ele mencionou continuar a baixar a mortalidade infantil, entre outras questões.

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo

Moçambique celebra nesta quarta-feira o Dia Mundial da Criança e a Rádio ONU em Maputo, conversou com o representante do Fundo das Nações Unidas para Infância, Unicef, em Moçambique sobre a data.

Para Marcoluigi Corsi, este é um dia importante para reflexão sobre assuntos relacionados aos menores.

Comprmomisso

“Este dia significa renovar o compromisso que temos com toda criança no mundo em particular com a criança moçambicana. Temos tido muitos avanços, muitos progressos, sucessos na realização dos direitos da criança. Sucesso no acesso à escola, progresso na educação da criança, acesso à água potavel, e na redução da mortalidade infantil”

Apesar dos sucessos, no entanto, o representante da agência diz que os desafios são contínuos.

Desafios

“Continuar a baixar a mortalidade materno-infantil e verificar a qualidade de ensino na educação. Temos desafios gerais como, por exemplo, mudança climática a nivel da seca claramente é um desafio em relação à má nutrição da  criança. Também desafios mais relacionados com temas macroeconómicos e políticos que podem afectar os resultados que temos conseguido durante anos passados”.

O relatório sobre a situação da criança em Moçambique 2014 indica que as mais de 12 milhões de crianças moçambicanas constituem 52% da população no pais.

Educação

O número de alunos nas primeiras classes do ensino primário do primeiro grau aumentou 48%, de 3,69 milhões em 2004 para 5,45 milhões em 2011.

A ONU celebra o Dia Universal das Crianças a 20 de novembro. A data foi criada para celebrar a adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança, em 1989.