Ataque mata cinco soldados da paz em dia de celebração no Mali
BR

29 maio 2016

Um elemento das forças de paz ficou ferido em emboscada ocorrida no centro do país; Minusma deplora o que considera de "ato terrorista hediondo"; ataque ocorreu 10 dias depois da morte de outros cinco elementos das tropas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Cinco soldados de paz das Nações Unidas foram mortos este domingo durante uma emboscada ocorrida no centro do Mali.

Um outro elemento das forças da organização foi gravemente ferido no ato ocorrido na cidade de Sevare  às 11 horas, tempo local, de acordo com a Missão da ONU no país, Minusma.

Terrorismo

A operação de paz chamou o ataque de "ato terrorista hediondo", que aconteceu no Dia Internacional dos Boinas Azuis, assinalado a 29 de maio.

O representante especial do secretário-geral da ONU no país, Mahamat Saleh Annadif, expressou a sua solidariedade às famílias das vítimas, ao Governo e ao povo do Mali. Ele desejou uma rápida recuperação ao soldado ferido.

Crimes

O enviado condenou "nos termos mais fortes" o que classifica como "crime desprezível" e outros atos terroristas que tiveram como alvos as forças de paz. Para Annadif, o tipo de ataques é considerado crime contra a humanidade sob o direito internacional.

O pedido é que o Mali faça todos os esforços para identificar os responsáveis pelos "crimes hediondos" contra forças internacionais no país e as contra as suas Forças Armadas. A 18 de maio um outro ataque matou cinco elementos das tropas internacionais.

A mensagem termina com o Annadif a reiterar que o empenho da ONU será maior do que nunca para continuar a sua missão de apoio ao Mali e ao seu povo.

Leia Mais:

Missões da ONU registraram 44 alegações de abuso sexual em 2016

Agências humanitárias suspendem ações após ataque a veículos no Mali

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud