Unodc vê sinais de "expansão de terrorismo" no Sahel

17 maio 2016

Nações Unidas apoiam região africana para melhorar recolha de provas e investigação de casos; Unodc ajudou Burquina Faso a criar lei antiterrorista, após ataques que mataram 28 em janeiro.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, afirma haver "sinais de expansão da influência terrorista" para mais países da região africana do Sahel.

A agência fechou a primeira de três sessões que formou 30 representantes da lei e ordem em Burquina Faso sobre temas ligados ao terrorismo. A Unodc pretende levar o tipo de iniciativas a outros países da região.

Habilidades

O objetivo do workshop que ocorreu na capital burquinabe,  Ouagadougou, foi melhorar as habilidades das autoridades para investigar e lidar com processos penais. Os participantes no evento incluem juízes e procuradores.

Após os ataques terroristas à capital burquinabe, que mataram 28 pessoas em janeiro, as autoridades adotaram uma lei antiterrorista com disposições contra a ameaça. O objetivo é contrariar a preocupação com forças combatentes terroristas estrangeiras.

Casos

A Unodc disse que o apoio ao país é para treinar pessoal especializado com as ferramentas essenciais para conduzir investigações judiciais e conter casos de terrorismo de forma eficaz.

De acordo com as Nações Unidas, 25 mil jovens deixaram os seus países nos últimos anos para alinhar em fileiras dos vários grupos terroristas e armados que operam no norte de África e no Médio Oriente.

Experiência

A assistência da Unodc inclui partilhar conhecimentos e competências dos oficiais de justiça criminal e de agências de aplicação da lei com base em exercícios práticos e estudos de caso.

Os especialistas partilharam experiências para a recolha de provas forenses em cenas de crime e técnicas de investigação conjuntas.

*Apresentação: Denise Costa.

Leia e Oiça: 

ONU alerta que malianos podem perder ajuda essencial no Burquina Fasso

No Burquina Fasso, secretário-geral ONU saúda reconciliação nacional

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud